Close

abril 30, 2019

Ser voluntário faz bem para a saúde

Pode parecer estranho, mas ser voluntário faz bem para a saúde. Os voluntários são mais preocupados com a própria saúde? Eles fazem mais exames preventivos.

As voluntárias, por exemplo, são 53% mais propensas a fazer mamografia do que não-voluntárias. Além disso, quando adoecem, voluntários em geral passam 38% menos tempo em hospitais do que o resto da população.

Diminui o estresse

Nós sabemos como o estresse causa um grande impacto na nossa saúde, quando realiza as atividades pelo bem do próximo, o voluntariado diminui o estresse, o que melhora as condições de vida de quem o faz.

Interagir com pessoas diferentes, pensar em soluções para outros problemas, ajuda a criar a consciência da necessidade de se cuidar; surge um objetivo de vida maior, o que aumenta a sensação de bem-estar.

Reduz incidência do uso de drogas

Em uma pesquisa realizada pela universidade de Oxford em 2015, revela que adolescentes e universitários que praticam o voluntariado têm mais chances de abandonar vícios em drogas ou álcool, além de outros comportamentos considerados nocivos.

O contato do voluntariado com usuários de drogas previne que esses vícios surjam no futuro, tornado a vida mais saudável.

Saúde Mental

Quem é voluntário libera mais hormônios que produzem a felicidade como a dopamina e a serotonina.

A felicidade ajuda na autoestima e satisfação pessoal fazendo com que os índices de depressão caiam e a capacidade de lidar com as mais diferentes situações seja  aprimorada.

Sedentarismo

Seu corpo sairá do sedentarismo, uma das maiores causas de doenças cardíacas, a atividade de ajudar o próximo tem se provado eficaz para diminuir os sintomas.

Escolha a atividade certa para você

Agora que já sabe que além de fazer bem para o mundo o voluntariado faz bem para a sua saúde procure ir atrás de uma causa que faça sentido para você, que acredite e te impulsione a continuar.

Você pode começar a adotar pequenas atitudes no cotidiano ou fazer trabalho voluntário para alguma instituição social. Até suas escolhas diárias, como os alimentos que você consome e os produtos que utiliza, podem estar ligadas com um ato de solidariedade.